Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
DF TRANSPORTES

NOTÍCIAS

19/11/2013
Estradas Mal Conservadas Elevam Custo de Logística

O transporte rodoviário é majoritário no Brasil, mas isso não significa que seja realizado em estradas com boas condições de economia e de segurança. Pelo contrário. A 15ª edição da Pesquisa CNT de Rodovias, divulgada em 2011 pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), aponta a baixa qualidade das vias como um dos principais gargalos do setor. O estudo mostra que 57,4% da malha rodoviária têm problemas, sendo que 18,1% são consideradas ruins e 8,8%, péssimas. Somente 30% têm boas condições e 12,6% das estradas foram consideradas ótimas. Foram avaliados 92.747 quilômetros de rodovias e, segundo os técnicos, a situação piorou em relação ao ano anterior.

Para quem trabalha no dia a dia das operações logísticas, a constatação é simples. “Há deficiências em todo o país, o que gera a ineficiência do transporte”, resume o vice-presidente de logística do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (Setcergs), Frank Woodhead. O resultado disso é a elevação expressiva do custo logístico no Brasil, calculado em 17% do PIB, enquanto que os países concorrentes giram em torno de 6% a 8%.

A pesquisa da CNT aponta que, em relação ao pavimento, 44.479 km (47,9%) têm problemas; e, em relação à falta de sinalização, o número sobe para 52.738 km, ou 56,9% do total analisado. Além disso, em 88,3% dos trechos pesquisados predominam pistas simples de mão dupla. Em condições favoráveis, avaliados como ótima ou boa condição pelo estudo, estão 39.521 km, o que corresponde a 42,6% da extensão estudada.

“Se o governo não resolver os problemas das rodovias, o Brasil vai sofrer um colapso de transporte. A proposta de desenvolvimento para os próximos anos estará comprometida, caso não sejam feitos os investimentos necessários”, alertou o diretor executivo da CNT, Bruno Batista, ao apresentar o estudo. A CNT avalia que serão necessários R$ 200 bilhões em investimentos apenas em rodovias, para deixá-las em boas condições. Em 2010 foram investidos apenas R$ 13 bilhões. Desses, R$ 9 bilhões tiveram como destino as rodovias federais.

À lista de problemas estruturais, o diretor de projetos e operações do Instituto Brasileiro de Supply Chain (Inbrasc), Henrique Gasperoni, acrescenta outros pontos críticos: pedágios elevados, falta de capilaridade e roubo de cargas. “Excetuando-se algumas estradas boas em São Paulo, o restante é sofrível. E no Norte e Nordeste fica ainda pior”, define. Há, ainda, outro gargalo com relação ao transporte rodoviário, segundo Gasperoni, que é o apagão de mão de obra. “Enfrentamos problemas para contratar caminhões e motoristas”, afirma.

A duplicação das rodovias - ou a elevação do número de pistas naquelas que já são duplicadas e estão saturadas - é a principal demanda do Woodhead, do Setcergs. A medida dá maior fluxo ao tráfego e, principalmente, eleva a segurança no trecho, reduzindo significativamente o número de acidentes e, consequentemente, de vítimas. “Toda estrada que recebe mais de 10 mil veículos por dia deveria ser duplicada”, calcula Woodhead.

Principais pontos críticos

BR 116 - trecho da Região Metropolitana de Porto Alegre: a rodovia que liga a capital gaúcha à Serra está saturada na região da Grande Porto Alegre, principalmente na altura da cidade de Canoas, onde os congestionamentos já não se concentram no horário de pico e se estendem ao longo do dia.
Como é um trecho urbano, onde é difícil elevar o número de pistas, a solução passa pela construção de vias alternativas, como a BR-448, já em obras e com previsão de finalização em 2013.

BR 381 - Rodovia Fernão Dias: a principal ligação entre as capitais mineira e paulista recebeu conceito “bom” na avaliação da pesquisa CNT, mas, mesmo duplicada e com pedágios, não dá conta de escoar o intenso tráfego entre as duas cidades. A solução passa pela ampliação do número de pistas e construção de vias alternativas.

BR 101 e BR 116 - São Paulo: as duas principais rodovias que ligam o Norte e o Sul do país passam por dentro da capital paulista, deixando ainda mais congestionadas as marginais dos rios Pinheiros e Tietê. O Rodoanel, em construção, pretende evitar que os caminhões precisem cruzar a cidade, mas o setor critica o alto custo dos futuros pedágios.

BR 116 - Pernambuco: o trecho da rodovia que percorre o Vale do São Francisco também é conhecido como Polígono da Maconha. Para trafegar na região, os motoristas ficam sujeitos à ação de traficantes, elevando a insegurança e a ocorrência de roubos. Neste caso, a solução do problema passa pelo combate ao cultivo de maconha na região e maior policiamento.

Belém - Brasília: a principal ligação entre a região central do país e o Norte cruza várias rodovias, mas todas têm em comum o baixo nível de conservação, em alguns trechos, inclusive, a pavimentação já desapareceu. Obras de manutenção e ampliação são urgentes.

Outras notícias
31/08/2018 - Ministro Fux afirma que decidirá o piso mínimo do frete em plenário
12/07/2018 - Piso Minimo do Frete
14/06/2018 - Valor da Hora Parada é Reajustado
14/06/2018 - NOTA ANTT
14/06/2018 - Portaria 760/18 regulamenta fiscalização do Procon em postos de combustível
04/06/2018 - TABELA de FRETES MINIMOS
12/01/2018 - Novas regras para a amarração de cargas já estão em vigor
12/01/2018 - TAGS adiados por tempo indeterminado
12/01/2018 - Pesquisa CNT de Rodovias
21/12/2017 - CNT e CNTA selam acordo
22/11/2017 - DNIT publica nova resolução para Autorização Especial de Trânsito
22/11/2017 - Movimentação de cargas apresenta crescimento em 2017
22/11/2017 - O que tara, lotação, PBT/PBTC e CMT
20/11/2017 - RNTRC
20/11/2017 - TAG Dispositivo de Identificação Eletrônica
28/06/2017 - Cai número de transportadoras e de caminhoneiros autônomos no país
27/06/2017 - Evento discute participação da sociedade na ANTT
27/06/2017 - Deputados definem frete mínimo para o transporte rodoviário
02/06/2017 - PRAZO PARA RECADASTRAMENTO
06/10/2016 - Cuidados para evitar o roubo de cargas
06/10/2016 - Projeto obriga união a pagar exame toxicologico de motoristas
11/05/2016 - Nova lei modifica Código de Trânsito e aumenta valores de multas
11/05/2016 - Juízes divergem sobre listas de restrição ao caminhoneiro
11/05/2016 - CONTRAN PUBLICA RESOLUÇÃO Nº 583 SOBRE EXAME TOXICOLÓGICO
10/03/2016 - ANTT Divulga cronograma de recadastramento no RNTRC
10/03/2016 - ANTT publica orientações para o recadastramento
10/03/2016 - ANTT divulga cronograma para colocação de dispositivo de identificação eletronica em caminhões
08/03/2016 - BNDS libera refinanciamento para Medias e Grandes Transportadoras
08/03/2016 - A CNTA
03/03/2016 - NOTA CNTA SOBRE O EXAME TOXICOLÓGICO
05/01/2016 - Produtos Perigosos
30/11/2015 - TST proíbe cadastro com restrição a motoristas
26/10/2015 - RECADASTRO RNTRC ANTT
01/10/2015 - CURSO CARGA INDIVISÍVEL
29/09/2015 - ANTT PUBLICA PLANILHA DE CUSTO DO FRETE
14/07/2015 - Chip nos caminhões a partir de Setembro 2015
14/06/2015 - Com aplicativos, caminhoneiros autônomos dependem menos de intermediários e elevam renda
05/06/2015 - Conselho decide adiar para 2016 exame antidroga em caminhoneiros
07/04/2015 - Novas Leis Motoristas
29/01/2015 - Aumento de Impostos elevará preço da gasolina e do diesel
28/01/2015 - Finame só vai financiar 50% do valor do caminhão
27/01/2015 - DF Transportes - Torneio Verão Indaial 2015
23/10/2014 - AUMENTO NOS VALORES DE MULTAS
09/10/2014 - PRORROGACAO DO RNTRC
24/07/2014 - DIA DO MOTORISTA
27/06/2014 - Tolerância Nos Eixos dos Caminhões
21/04/2014 - TIPOS DE VEICULOS
21/04/2014 - LEGISLAÇÃO TACÓGRAFO
21/04/2014 - LEGISLAÇÃO TACÓGRAFO
19/11/2013 - Estradas Mal Conservadas Elevam Custo de Logística
08/10/2013 - Transporte de Produtos Perigosos - MOPP
02/09/2013 - Tabela de Valores de Multas ANTT
26/08/2013 - Resumo da Lei 12.619/12 Lei do Descanso.
09/07/2013 - ANTT planeja estender exigência de emissão de CIOT às transportadoras de carga
09/07/2013 - CIOT - Código Identificador da Operação De Transporte
20/06/2013 - Empresas querem mudar lei que impõe descanso a caminhoneiros
20/06/2013 - Falta de recadastramento no RNTRC será tratado como "RNTRC vencido"
12/06/2013 - LEI 12.619 (LEI DO DESCANSO)
00/00/0000 -

2013 | DF TRASNPORTES - Todos os direitos reservados

Daweb Desenvolvimento de Sites